Seguidores

sábado, 12 de maio de 2012

Dia das Mâes




















Mãe, tu és a conselheira dos meus passos
A mais dígna mulher dos meus abraços
A dona do mais puro beijo meu

Mãe, tu és o meu prazer na vida ou morte
Pois me ensinaste a ter um braço forte
E a construir a imagem do meu eu

Mãe tu tens em tuas mãos toda virtude
Pois entregaste a tua juventude
Pelo prazer de ter nome de mãe
E eu, usei todas as palavras que disponho
Mas na maior frase que a ti componho
Existe algo ainda por dizer

Mãe, tu és para a poesia uma meta
A musa inspiradora de um poeta
Que descobriu a fonte do amor

Mãe, em ti eu vejo tudo que há em mim
Por isso eu te digo que és enfim
A imagem mais perfeita do que sou

6 comentários:

  1. Lindo poema e linda homenagem!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga Guiomar, vim dar uma visita em seu trabalho o qual, como sempre, gostei. Aproveito para te pedir para deixar um comentário no meu ultimo post em: http://www.queriaserselvagem.blogspot.com

    Um abraço e até breve.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante o Blog !

    Embora tenha visto rapidamente, gostei bastante e te convido para conhecer, seguir... meu espaço:

    http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
  4. Uma homenagem maravilhosa...como as rosas do teu portal!
    beijocas
    Graça

    ResponderExcluir
  5. Olá, vim te visitar e te oferecer o selo sua amizade é essencial e aproveito pra deixar o meu toque de carinho e amizade-san

    ResponderExcluir

Sejam bem-vindos!